Dose de anestesia


Quando eu tinha uns sete anos, eu tinha medo de monstros e bruxas -assim como toda criança. Para fugir deles eu me escondia debaixo do edredom, fechava os olhos e esperava.

Aos meus doze, nas situações difíceis, eu só abaixava a cabeça e deixava as lágrimas escorrerem até secarem por si só.


Quando cheguei aos quinze, aprendi que as decepções e as mágoas são boas. Quer dizer, elas doem. Doem muito. Mas com o tempo você começa a entender como lidar com elas. Aprende que não adianta mais se esconder debaixo de um edredom e esperar os problemas irem embora. É preciso se levantar e expulsá-los você mesma.


De tanto sofrer, você cria anticorpos contra aquilo, e uma hora, quando os monstros voltam, você nem sente a dor com a mesma intensidade de antes, como se você tivesse tomado uma dose de anestesia. E é melhor assim, sabe? Arrancar o Band-Aid de uma vez só.


Trata-se de superação. De aprendizado, e força de vontade. Com todos os nãos e os impossíveis que as pessoas fazem questão de jogar na sua cara todo dia, você se dá conta de que aquela vontade de provar para toda aquela gente que você consegue, é maior do que a dor que aquilo lhe causa -daquelas pessoas que você pensava que sempre te apoiariam, e de uma hora para outra, te arremessam dentro de um buraco-negro.

E aí você se ergue. Você se empenha mais do que antes, porque você quer provar aos outros, e a si mesma, que você é sim capaz. Todo mundo é. 


As mágoas, os tropeços, servem para isso. De impulso para que toda vez que vez que você caia, aprenda que a queda não era tão longa e dolorosa como foi da primeira vez, e sim um aviso para que você faça tudo de novo. Só que dessa vez melhor.

Para ouvir: Coeur de Pirate

Coeur de Pirate, nome artístico de Béatrice Martins, tem 24 anos, é canadense e começou a tocar piano aos 3 anos. Compõe e canta músicas francesas, e atualmente é considerada a revelação feminina do cenário indie canadense.
Suas músicas têm uma cara indie e junto com sua voz doce e fofinha, são daquelas que não dão vontade de parar de escutar. Ficou curioso? Aperte play e escute algumas de suas canções.





Tecnologia do Blogger.