Você se foi

northen lights set on fire


Você se foi.
 
Mas antes disso houve um prefácio, lembra?
 
Você chegou de mansinho, sem fazer barulho, quando eu não estava prestando atenção, despreparada e com o esmalte azul descascando. Você era completamente diferente, odiava futebol, escutava umas bandas que ninguém conhecia, gostava dos mesmos livros que eu e criticava o mundo de um jeito que eu achava engraçado. Isso me encantou, e quando me dei por conta, você me teve por completo e nem teve noção disso.
 
Você me fez rir até quando eu não quis, contou as melhores histórias (e as piores também) e ouviu todos os meus dramas. E foram muitos, porque eu confiei em você e, -olhe como fui ingênua-, achei que se importasse.
 
Mas aí aos poucos você foi sumindo da minha vida. Já não falava comigo por tantas horas, já não compartilhava os pequenos detalhes do seu dia e nem revidava quando eu te provocava.
 
Eu fingi que não percebi tudo isso. Mas eu vi, querido. Eu vi e não tinha mais pra quem contar isso, porque era para você que eu fazia questão de falar todas as coisas. E aí, quando eu já estava mergulhada nesse abismo que era você, você deixou-me afundar nele e nem me puxou de volta.
 
Não houveram despedidas, não houve um adeus. Você só se foi, e isso foi tão fácil, não? Como se eu nunca tivesse estado lá um dia. E isso doeu. Doeu por eu sentir a dor e você não. Porque aqui eu sentia uma saudade que sufocava, porque você estava em tudo ao meu redor, e você nem lembrava quem eu era duas semanas depois. E doeu mais ainda por doer. Por eu me importar como um dia acreditei que você também fazia.
 
Você foi embora do mesmo jeito que chegou: de mansinho, sem fazer barulho, quando eu ainda estava despreparada e usando o mesmo tom de azul. Deixou-me com o coração na mão e a vida mais bagunçada do que quando chegou. Você se foi.

Look do dia: Na terra da rainha


Usei esse look no meu segundo e último dia em Londres. Aqui na cidade onde moro não tem Starbucks, e eu morria de vontade de experimentar e tirar foto com esses copinhos bonitinhos hahaha Fiquei muito feliz quando vi que tinha um perto do hostel que estávamos hospedadas, e daí aproveitei pra dar uma passadinha lá e finalmente matar minha vontade.

Tanto a camisa jeans, a legging de gato e o coturno são da Renner (Juro que não é publieditorial!) e a bolsa de franjas é da Sonho dos pés.

Um passeio pela Inglaterra


No nosso terceiro dia de viagem, fomos para Londres e passamos dois dias por lá. E foi aí que começou a aventura de verdade. Por quê? Éramos um grupo de cinco moças que nunca tinham pisado na Inglaterra, apenas uma de nós falava inglês e fomos sem guia. Quanta coragem!

Percebi que os ingleses não são lá tão receptivos com os estrangeiros, principalmente quando pedem pra repetir o que disseram cinco vezes ou perguntam se falam francês. Eles fecham logo a cara.
Não tínhamos um roteiro definido, apenas uma vaga ideia de lugares pra ir e um mapa na mão.
Deve ser por isso que nenhuma de nós gostou tanto de lá. Na verdade achamos regras demais, tumulto demais e levamos tapas na cara demais. Sou suspeitíssima pra falar, porém prefiro mil vezes a calmaria da França.

Mas quer saber? Esses dois dias foram incríveis porque voltamos com muita história e confusão pra contar, demos muita risada, conhecemos um país novo, e melhor: nos divertimos juntas.

Fomos ao Big Ben, ao Palácio de Buckingham  (e de quebra, quando estávamos lá a bandinha de soldados passou marchando), descansamos no Green Parque, que fica perto do palácio, tiramos foto na Tower Bridge, vimos o London Eye, entramos na Igreja Saint-Paul, comemos em um restaurante italiano (onde o garçom era Alemão e conversou em francês com a gente) e vimos a Torre de Londres, lugar que com certeza você já deve ter visto, ou verá, nos livros de história, pois foi onde Ana Bolena foi guilhotinada, onde onze espiões alemães da guerra mundial foram mortos e lugar que Shakespeare chamou de Torre Sangrenta. Pena que só vimos por fora!

 
O que acharam? Comentem!

Paris: Shakespeare and Company


Estou escrevendo esse post morrendo de saudade dos meus últimos 15 dias. É que fiz uma viagem 
internacional (a primeira!) pra França e Londres, e como prometido, já estou preparando os posts pra contar pra vocês como foi essa experiência. Vamos lá?

Nessa viagem fui com uma tia e uma prima nossa.  Fomos sem excursão nem pacote pra um lugar onde nunca tínhamos ido, mas isso porque uma amiga de longa data e que fazia curso de francês com a gente tá morando lá na França à estudos, e foi ela a guia turística e acompanhante nos nossos passeios. (Ah, e também foi ela quem tirou a maioria das minhas fotos haha.)
Ficamos hospedadas no Comfort Hotel, bem pertinho de onde ela mora (Só uns 5-10 minutos à pé!), na cidade de Cachan.

Quando chegamos, estávamos muito cansadas, então só ficamos caminhando por algumas ruas da cidadezinha e nem tiramos muitas fotos. 
No dia seguinte passamos em uma padaria perto do hotel e fomos para casa da nossa amiga, Dayana. Lá fizemos o roteiro dos lugares que íamos nesse dia e pegamos metrô rumo a Paris.

A primeira parada foi na Shakespeare and Company, uma livraria perto da Catedral de Notre Dame que foi fundada em 1951 e era frequentada por muitos escritores ingleses. O lugar é pequeno, cheio de livros empoeirados e com uma fachada bonitinha com luzinhas penduradas <3 De lá passamos na Boulevard Saint-Michel, uma avenida com algumas lojas que amamos: Claire's, M.A.C, Pinkie e muitas outras. Depois de fazer algumas comprinhas (hehe) ficamos passeando pelas ruas parisienses e tirando algumas fotos. 
Quando estávamos em Paris começou a chover, e paramos para comprar esse guarda-chuva em uma loja de souvenir. Tivemos a ideia absurda de comprar só um, e éramos três. Custou €5 e quebrou com o vento. É. 

A culpa é das estrelas em francêeeeeees! <3


Esperam que tenham gostado! E aguardem porque ainda tem mais :)

Paris, uh la la

Quando esse post for ao ar, já estarei dentro do avião, prestes a atravessar o Oceano Atlântico pela primeira vez. Com destino a... Paris!

Só de pensar dá um calafrio. Um calafrio bom do tipo que dá quando a gente tá realizando um sonho. Uma sensação de medo e felicidade tudo junto e bagunçado aqui dentro.
Sabe quando você planeja por um longo tempo uma coisa, e finalmente olha o calendário e vê que o tempo do planejamento já acabou?

É estranho, e libertador.

Estou vivendo um sonho de cinco anos, e lembro bem quando eu disse pela primeira vez o quanto quis essa viagem. Os adultos riram e disseram que era besteira de criança, que logo eu esquecia. Como os adultos são bobos.

Hoje, com quinze, olho pra trás e sinto uma espécie de orgulho. Por não ter escutado esses comentários e nunca ter desistido desse sonho. Nem uma vez. Mesmo depois de todas as lágrimas, depois de tudo que deu errado e me fez querer acreditar que talvez, eu tivesse que adiar esse sonho. Mais um sonho. Pra depois.

Arrumei as malas e deixei elas em um cantinho do meu quarto, e enquanto escrevo aqui, de vez em quando olho pra elas e tenho que contar até três. Abro os olhos e elas continuam paradinhas ali, feitas, com todos os meus sonhos dentro e uma vontade louca de sair mundo afora. É real.

Quero tirar muitas fotos pra vocês e quem sabe, gravar alguns vídeos. Não vou levar computador, então os posts sobre a viagem vão ficar pra quando eu chegar. Mas deixei alguns posts programados, e além disso vocês vão poder acompanhar minhas aventuras durante esses 15 dias em tempo real lá no instagram do blog (@escritoriando)

Até mais, pessoal!

Au revoir.

Playlist: Para viajar

THE BEST IT'S YET TO COME | via Tumblr
Hoje vou fazer pela primeira vez uma viagem internacional. O destino? *França e Londres. Para fazer desses 15 dias mais especial, nada melhor do que uma boa playlist com músicas legais que têm cara de lugar novo e momentos divertidos, concordam?
Apertem os cintos o play para escutar:


 *Em breve farei mais posts sobre a viagem

Como usar: Moletons

Se eu tivesse que escolher uma peça no guarda-roupa pra chamar de favorita, com certeza seriam os moletons. Mais arrumadinhos, com estampas divertidas ou básicos, dá pra combinar com qualquer outra peça, e serve pra várias ocasiões, além de serem confortáveis.
Tem dúvidas de como usar? Separei os looks mais legais pra mostrar pra vocês.
 
Com saias
 
 
Com shorts
 
 
Com calças
 
 
Com o que vocês usariam?
 

Tecnologia do Blogger.