Eu, Norte. Você, Sul.

Reli aquela carta de cinco anos atrás. Sim, aquela carta que você me mandou falando um pouco sobre o que o "nós" representava para você. Tornou-se quase cômico as frases que aquelas tantas palavras formam. Poucas duradouras e muitas sem nexoAquela despedida já não faz mais sentido. Desde quando foi "para sempre"?

Muitas vezes já cogitei tentar trazer de volta tudo o que sentimos e dividimos um com o outro. Ideias trabalhosas e cheias de detalhes que se resumiram a desperdício de tempo. Tanta coisa mudou e nós ficamos no meio da estrada, sem saber o que fazer. Acabamos tomando rumos diferentes e sentindo o baque das responsabilidades e a crueldade da realidade nem sempre justa. Foi um verdadeiro caos. Eu para o norte, você para o sul. Como fazer linhas paralelas se encontrarem? 

Se fecho os meus olhos ainda ouço sua risada e sua voz sussurrando em meu ouvido. Se forço a memória, vou além: sinto o cheiro do seu perfume que ainda me embriaga e o toque suave de suas mãos em meu rosto. Exatamente como acordar de um sonho, abrir os olhos me leva para um pesadelo intitulado realidade. R-e-a-l-i-d-a-d-e. Nove letras, cinco vogais e um emaranhado de arrependimento, angústia e desejo de poder voltar no tempo. Quando foi que construíram um abismo entre nós?

Olho os pingos de chuva percorrendo o vidro da janela. Respiro fundo. Tudo foi sempre por você. Enxugo as lágrimas, limpo minha mente. Permaneço nessa constante luta contra o esquecimento e contra tudo o que me faz mal. Permaneço aqui, esperando pelo dia que assim como alguns pingos de chuva que escorrem pela janela, eu possa encontrar alguém destemido o suficiente para seguir o meu caminho comigo e me ajudar a torná-lo nosso. Permaneço esperando pelo dia em que alguém, assim como eu, seja corajoso o suficiente para engolir o próprio orgulho e dizer: "eu vou lutar por nós dois".

***
Esse texto é da Fernanda Barroso, que me permitiu postar aqui no blog. Que honra ter leitores do Escritoriando tão talentosos <3 Aliás, estou pensando em postar mais autorias de vocês aqui, o que acham? Caso tenham escrito um texto legal, mandem por email (blogescritoriando@hotmail.com). Eu vou adorar tê-los por lá.

8 comentários:

  1. Honra enorme de ter um texto meu aqui! Obrigada pelo apoio e pelas dicas que tanto me serviram! Você é incrível e eu sou sua fã <3 <3

    ResponderExcluir
  2. Eu amei o texto, e senti uma pontada de identificação. Te indiquei em uma tag lá no blog Laila: https://pijamaretro.wordpress.com/2015/03/01/canal-do-blog-e-tags-literarias/ ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rafaela! Perdão pela demora em fazer algum contato!
      Fico feliz que tenha gostado! Entrarei agora mesmo no seu blog! Beijo!

      Excluir
  3. Oi Flor! Parabéns a autora desse texto, ela tem um talento enorme, gostei de mais viu! :)

    Ah! Já estou te seguindo, te convido a fazer o mesmo também. :)

    Bjuuus!
    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Giselly! Perdão pela demora em respondê-la!
      Caso queira ver outros textos de minha autoria, é só entrar no meu blog! www.unbrokenone.com
      Beijos!

      Excluir
  4. Eu fiquei encantada pelo texto, simplesmente maravilhoso. Parabéns, Fernanda! Beijos.

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Júlia! Perdão pela demora em agradecê-la!
      Caso queira ver mais alguns textos, é só entrar em meu blog! www.unbrokenone.com
      Beijos!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.