A diferença entre solidão e solitude

Ilustração: Yelena Bryksenkova 
Dia desses me peguei pensando com meus botões. Sou daquelas pessoas que prefere lugares calmos, o som do silêncio e estar dentro dos meus próprios pensamentos, então nos intervalos da escola, costumo levar um livro e ficar na sala mesmo. Vez ou outra minhas amigas preferem descer, e eu fico lá, lendo. Sempre que alguém chega e me vê ali, sozinha na cadeira, me lança um olhar de pena, como se fosse triste não ter mais ninguém comigo.
 
A questão é que estar só e ser solitário são coisas completamente diferentes. Quantas pessoas vivem rodeadas de pessoas, com uma multidão de amigos, e no fundo, sente que está sozinho? E quantas pessoas viajam pelo mundo, vão ao cinema, se divertem lendo ou escutando música, tudo isso na sua própria companhia?
 
Percebem a sutil distância que separa um e outro?
 
Na minha cabeça, solidão é como um deserto. É sentir-se caindo em um buraco negro. É olhar para os lados, para todos os sons e pessoas ao seu redor e não se encaixar em parte alguma. É não se entender e não ser entendido. É um isolamento, como se faltassem peças dentro de você.
 
Estar só significa que todas essas peças estão encaixadas, que você está completo, mesmo que sozinho. É independência, é colocar nossa felicidade nas nossas próprias mãos ao invés de prendê-la a terceiros. É aproveitar a própria companhia e estar satisfeito com isso, sabe? É se divertir com aquele seu romance preferido ou ouvir aquela música e sentir que, bem, não falta nada. É viajar por conta própria, é ir ao cinema sozinho e chorar de tanto rir do filme. Isso se chama solitude.
 
O que muita gente não entende é: Uma pessoa que está só pode não estar se sentindo solitária. Já parou para pensar que isso é uma escolha? A pergunta para "Poxa, por que você está só?" pode ser "Porque gosto de estar comigo mesma." e isso não é nem de longe uma coisa ruim. Na verdade, é libertador.

13 comentários:

  1. Nunca tinha pensado na separação, nem mesmo em classificar a solidão bonita - quando a gente fica sozinho com nós mesmos). Adorei o texto e o blog, parabéns!

    http://aimeudeusgui.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que ser uma companhia boa pra nós mesmos, antes de tudo, né? Obrigada pela visita, seja sempre bem vindo! ;*

      Excluir
  2. Falou tudo! Eu adoro estar rodeada de pessoas mas ás vezes, eu prefiro ficar sozinha. E fala sério, como poderíamos ser uma boa companhia para alguém sem ao menos conseguir ser uma boa companhia para nós mesmos?
    Blog da Vicky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso! É aquela história de: se eu não gostar de mim, quem vai gostar? ;)

      Excluir
  3. Você disse tudo! Eu entendo muito esse olhar de pena das pessoas quando estou sozinha. E só não fico na sala lendo na hora do intervalo porque não pode fazer isso na minha escola. hehe
    Às vezes parece que as pessoas não entendem que ficar sozinho em alguns momentos é nossa opção. Que você não está vazio por dentro. Que um livro ou um fone são sim, companhia.
    Enfim, eu adorei seu texto, mesmo! <3

    Beijos! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desse jeito, Mari! To cansada de estar super de boa e alguém vem com a cara mais triste do mundo, como se isso refletisse o fato de eu estar só. Muito pelo contrário!

      Excluir
  4. Laila, eu adorei seu texto e me identifiquei com ele... Não vou dizer com qual das duas partes me identifico, mas ele explica muita coisa. As pessoas ao invés de se aprofundarem em algo, para ver o que realmente acontece dentro de nós, ficam dizendo: tadinha, é triste e sozinha, ou, ninguém gosta dela... Enfim, parabéns pelo texto, muito bem escrito ♥
    http://www.ladystronger.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flávia!
      Seja lá com qual você se identifica, não tem nada de errado/vergonhoso dizer, viu? Acontece que as pessoas não entendem se o fato de você estar só é uma escolha ou não (se não for, tudo bem também, é algo que passa e pode ser mudado).

      Bjs e obrigada pela visita! <3

      Excluir
  5. INCRIVEL. As vezes você ficar sozinho, muda como você pensa, Sei lá você reflete mais sobre si mesmo... Gostei muito do post e do Blog <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão, a gente passa a se conhecer muito melhor quando temos um tempo só para nós. Obrigada pela visita! ;*

      Excluir
  6. Concordo muito com você! Toda minha vida passei por isso, de escolher ficar sozinha as vezes e ter as pessoas me olhando esquisito (inclusive dentro da minha familia, que todo mundo é mega extrovertido). Tem um vídeo sobre pessoas introvertidas (e como nós somos importantes para o mundo!) que eu acho genial, talvez você goste também: é o terceiro desse post que eu escrevi a uns meses http://adultaeu.com.br/index.php/2016/04/11/ted-talks-favoritos/
    depois diz se gostou :)

    ResponderExcluir
  7. Texto lindo e acho que vc conseguiu diferenciar bem o que é um do outro. Parabéns! Gostaria muito de estar só e estar bem, muitas vezes isso não é possível.
    Beijos,

    Amanda
    http://talesandtalks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. que texto maravilhoso!

    eu entendo muito bem o que você quer dizer. no geral, eu prefiro minha própria companhia. eu gosto de ficar sozinha, pensando em coisas sem sentido e tentar entendê-las sozinha. a maioria das pessoas não entende, acha que eu estou depressiva :p

    beijos ❤️

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.