Feminismo is back, baby!

 
Eu queria muito ter falado sobre esse assunto aqui antes, mas ele já havia sido (e é) tão discutido no mundo virtual & no real que eu não sabia como escrever algo que não soasse repetitivo. Acontece que é algo tão presente na minha vida (e na de todo mundo, quando a gente começa a pensar sobre) que eu simplesmente não consigo ignorar, por isso, cá estamos.
 
Sim, eu sou feminista, e acredito que 90% das confusões e ideias contrárias ao movimento se devam ao fato de que as pessoas simplesmente não entendem o que, afinal de contas, significa a palavra f.e.m.i.n.i.s.m.o, então aqui vai a explicação do jeito mais didático possível:
 
Tcharaaaaaan! Ao contrário do que muita gente pensa, o feminismo existe porque sim, ainda vivemos em um mundo desigual em mais maneiras do que imaginamos quando pensamos sobre isso e as mulheres foram deixadas em segundo plano, à sombra dos homens. O que o movimento prega é a ideia de que nós, meninas, também somos completamente capazes de pensar, agir e fazer coisas grandes. WE CAN DO IT!

Imagem de quote, woman, and funny
Amber, uma mulher precisa de um homem como um peixe precisa de uma bicicleta.
 
Sabe aquele velho estereótipo de que meninas precisam ser salvas pelos mocinhos e tudo que uma mulher deseja é um cara? JO-GA FO-RA. Isso é generalizar e dizer que não temos ambições maiores. Quantas vezes você já não ouviu mulheres mais velhas sendo questionadas com espanto por outras pessoas por ainda não terem casado ou terem filhos? A questão é: você não precisa de nada disso, se não quiser. Assim como é livre para desejar isso. Afinal de contas, você é uma pessoa livre e isso implica dizer que as decisões sobre sua vida estão nas suas mãos!

 O feminismo liberta, seja livre!:
Imagem de grey's anatomy, quote, and brain
Dane-se a beleza. Eu sou brilhante. Se você quiser me agradar, elogie meu cérebro.
 
Jenny Holzer:
Crie garotos e garotas do mesmo jeito
 
Não devemos ser programadas para servirmos, como meninos não devem ser programados para serem servidos. O que se deve ensinar é que não há cores, brinquedos e maneiras de meninos/meninas. Há cores, brinquedos e maneiras. Meninas não precisam ser belas, recatadas e do lar para serem respeitadas ou admiradas, assim como meninos não precisam gostar de jogar bola e provar a todo instante sua masculinidade agindo como se fossem superiores (segredo: isso não prova coisa alguma)
 
Imagem de world, change, and quote
 
Minha finalidade com esse post não é tornar todo mundo feminista de uma hora para outra, afinal, um dos conceitos mais prezados por ele é a liberdade. Mas sim tentar fazer com que as pessoas entendem a importância dele em nossas vidas.
 
Essa luta é sobre direitos. É sobre sair das sombras e não mais permitir que o nosso gênero nos imponha limites. É sobre sororidade e quebra de estereótipos. É dizer para as mulheres que não tem problema em ser magra, gorda, negra, branca, ser delicada ou gostar de sei lá, jogar vídeo games. É sobre aos poucos ir se soltando de amarras e abrir os olhos para tantos abusos que acontecem diariamente e a gente nem percebe, por terem sido tão banalizados.
 
Se você é contra tudo isso, ok. Mas por favor, deixa a gente lutar por aquilo que é nosso. Deixe-nos opinar sobre o que vivemos todos os dias, e sobre o que poderia mudar. Estamos tentando mudar o mundo.

27 comentários:

  1. Eu apoio sabe, mesmo não debatendo muito a respeito. Não sou de debates e esse realmente é um tema delicado de se abordar.
    Gostei muito, tipo muito mesmo da sua abordagem! É muito feio ver como as pessoas veem o feminismo como uma coisa errada sabe ? Já li ta ta asneira por essa internet, fico muto feliz por você ter compartilhado seu pensamento a respeito <3
    Beijos!
    www.voa-mariposa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também já li muita coisa sem pé nem cabeça. Isso faz com que as pessoas que não conhecem o movimento acabam associando ele a uma coisa ruim, acabam tendo aversão a uma ideia que na verdade é positiva e necessária. Acho que é por isso que se tornou uma bagunça, sabe?

      Fico feliz que tenha gostado do post, Dani! <3

      Excluir
  2. Guria, só 17 anos? Como eu queria ter tido essa cabeça quando eu tinha 17 anos! Que geração maravilhosa essa! Que essa onda de liberdade e igualdade se alastre pra termos um futuro sem machismo muito em breve. Bjoo ótimo texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OBRIGADA, Karolyneee! Ainda bem que temos tanto acesso à informação ao nosso favor, né? Essa geração é favorecida por isso. Eu não teria nem 1/3 desse pensamento se não lesse sobre o assunto ou não prestasse atenção nas manchetes, relatos e dados estatísticos que apontam o quanto a gente precisa desesperadamente do feminismo <3

      Bjs! ;**

      Excluir
  3. Acho tão lindo esse movimento tomando forma e ganhando vida por aí. Há um lado que não me agrada, quando tentam diminuir um ou outro para se sentirem superiores. Tá errado. O feminismo mesmo é a luta pela igualdade. Tratar de igual para igual e saber que todos temos direitos. Teu texto tá incrível ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá um orgulho, né? Também acho lindo! E é isso aí, luta por igualdade :)
      Fico feliz que tenha gostado do texto ♥

      Excluir
  4. Lindo teu post! Bem esclarecedor sabe, eu acho que muitas pessoas tem uma ideia errada do feminismo. Eu já escutei tanta bobagem, que até ignoro porque chega a ser ridículo. Eu quero ter a liberdade de ser o que eu quiser, não quero ser rotulada, seguir uma padrão que eles dizem ser o correto.A luta é pela igualdade e não superioridade. Tão difícil entender isso!!! Parabéns! bj
    www.pilateandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais triste é que é uma ideia tão simples, né? Não sei porque as pessoas complicam tanto :/

      Excluir
  5. Eu ainda me pergunto como existem pessoas que não percebem o quanto precisamos do feminismo. Acho tão chato ter que explicar para algumas mentes ultrapassadas que feminismo prega a IGUALDADE, e não a SUPERIORIDADE entre os gêneros. Além de tudo, é ele que ajuda a tirar essas ideias de que toda mulher precisa de um homem :p

    Serio, seu post ficou muito inspirador é esclarecedor *-* acho que todo mundo deveria ler :)

    Beijos ❤️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é que tem gente que não importa quantas vezes/de quantas maneiras a gente explique: vai continuar com a mente fechada. Ainda bem que muitas pessoas tão abrindo os olhos para isso e levantando a bandeira da igualdade <3

      Que bom que gostou, Lu! Bjs ;**

      Excluir
  6. Concordo com você, acredito que as mulheres tem sim o mesmo direito que os homens, porém algumas mulheres parecem não entender o real motivo da luta do feminismo e esculhambam com o movimento, o que faz as pessoas pensarem uma coisa que não é. Homem e mulher são livres pra fazer na vida o que quiserem, a mulher historicamente vive para servir o homem e não deve ser assim. Apoio quem luta pela liberdade e igualdade dos gêneros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Daí acabam associando o movimento à violência, à bagunça, e tá tudo errado, não é isso!
      Que bom que você apoia, Isabel, é exatamente essa questão que o feminismo traz <3 Bjs ;**

      Excluir
  7. Vou ser bem sincera com você: nunca falei que sou feminista. Mas tenho alguns motivos. Meu primeiro contato com o movimento foi vendo pessoas que, infelizmente, usam seu nome e deturpam os ideais. Tudo o que via até pouco tempo eram mulheres tentando ser melhores que os homens e criando confusão por coisas desnecessárias. Dizendo que isso era o feminismo. E isso me causou uma certa rejeição, sabe?

    Porém, nos últimos tempos eu ando vendo vários textos que esclarecem que o feminismo quer a igualdade, e não o que eu via antes. Textos como o seu, muito simples e claros, que mostram ideais que são impossíveis de discordar. <3

    Eu só gostaria que as pessoas não estragassem o movimento assim, porque, sério, isso afasta. E muito. :/

    Enfim, eu adorei seu texto, e acho que ele deve ser lido por todo mundo. Porque eu também entendo quem não é feminista. Às vezes a pessoa só não teve contato com um texto assim pra ver o que o feminismo realmente quer trazer pro mundo. *-*

    Beijos! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso que acontece com a grande parcela das pessoas que rejeitam o feminismo, a falta de esclarecimento, porque muitas mulheres, realmente, levam pra um caminho totalmente oposto e acabam derrubando a ideia da igualdade.
      Isso de mulheres > homens é outra coisa: Misandria. É muito triste ver quando misturam os dois, porque eles não tem nada a ver.

      Fico feliz que tenha começado a entender o movimento e gostado do post, Mari! Eu fiquei com muita dúvida se escrever ou não por medo de receber uma enxurrada de comentários negativos, sabe? Porque é isso que vejo nas redes sociais. O seu me deixou muito feliz <3

      Bjs ;**

      Excluir
  8. Adorei o seu post! Mega importante lutar pelos nossos direitos, não devemos nos calar e aceitar o que a sociedade impõe!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Amora que texto gostoso de ler. Sim, é um assunto mão batido e debatido, mas isso não significa que você não tenha que falar nem?! Amei as imagens Christina 💜 elogie meu cérebro! Tem sou uma feminista, sigamos juntas explicando e combatendo as injustiças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz por você ter gostado, Lu! Acho até que quanto mais a gente falar, mais as pessoas vão entender, né? hahaha só estava com medo das pessoas continuarem não entendendo a essência do movimento e começarem a me atacar por causa desse texto. Mas é isso aí, continuemos a tentar derrubar esses paradigmas :)

      Excluir
  10. Oi Laila, tudo bem? Confesso que faz tempo que ouço essa expressão e na verdade não sabia ao certo o que significava. A imagem que você usou resume de maneira bem simples e fácil de compreender. Acredito que algumas mulheres passaram do limite em relação a lutar pelos direitos, algumas se tornaram mais agressivas do que defensoras dos direitos de igualdade. Com toda tecnologia, evolução da ciência e tantas outras coisas é difícil acreditar que as pessoas ainda sofrem preconceitos, ou são escolhidas ou excluídas devido algumas características. No meu antigo trabalho por exemplo tinha uma vaga para promoção e eu tinha todas as qualificações, no entanto quem foi promovido foi um homem :/ então sim, acredito que não somos tratados como iguais, ainda nos veem como o sexo frágil, que precisa de ajuda, que tem que ficar em casa cuidando das crianças, fazendo comida, enquanto somente o homem é provedor. É possível lutar por esses direitos de maneira consciente, sem precisar violência, afinal meu desejo é que haja paz em primeiro lugar. Parabéns pelo texto, gostei bastante! Beijos, Érika ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Érika, você acredita que tem pessoas que dizem que essa desigualdade não existe? Acho que vivem dentro de uma bolha, só pode, porque casos como o seu são extremamente comuns, e as pessoas são não veem porque já é aceito como uma coisa normal na sociedade. Horrível, né?

      O feminismo está aí pra mostrar tudo isso pra gente e dizer que não está tudo bem em aceitar sermos menos. Todos temos o mesmo potencial <3

      Obrigada pelo seu comentário!

      Ps: a violência geralmente vem com a ideia (errada) de que mulheres são melhores que homens, e o nome disso é outra coisa nada a ver com o feminismo, que é a misandria.

      Excluir
  11. O seu texto refletiu tudo o que eu penso sobre o assunto, as pessoas deveriam conhecer mais sobre o movimento, feminismo é antes de tudo igualdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só jogar no Google a palavra e a primeira definição que vai aparecer é igualdade. Tão simples, né? ;)

      Excluir
  12. Olá Laila, tudo bem?
    Seu texto ficou incrível! ♥ Sempre acreditei que as mulheres devem sim lutar para viver em um mundo mais igualitário. É muito triste ver homens pregando que são superiores e que nós devemos nos calar e viver à sombra deles. Não é bem por aí... Todas nós temos capacidade de realizar qualquer tarefa por conta própria e, além disso, podemos gostar daquilo que nos interessa independente dos padrões impostos pela nossa sociedade. Gostaria de ver todas as pessoas se respeitando por igual, pena que isso ainda está distante.
    Beijos :*

    www.midnight-skies.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Distante sim, mas quanto mais pessoas eu vejo levantando essa bandeira e reivindicando seus direitos, mais eu acredito na possibilidade de um futuro onde esses paradigmas não sejam mais uma realidade. É pra isso que estamos lutando, né? ;) Bjs!

      Excluir
  13. Sabe, eu tenho muito medo de falar sobre o feminismo pois me sinto completamente leiga no assunto...sinto que não compreendo nem a metade de seu significado então não gosto de opinar muito, digo apenas que sem o feminismo nós nem estaríamos aqui hoje, porque o lugar da mulher é onde NÓS quisermos, e não onde querem que estejamos. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabi, o principal você já entendeu! E por aí tem muitos sites/páginas falando sobre o assunto de um jeito fácil e compreensivo. Acho que ninguém sabe de tudo, aos pouquinhos a gente vai entendendo um pouco mais e enxergando coisas que antes passavam despercebidas <3 Bjs!

      Excluir
  14. Adoro o fato do feminismo estar de volta e várias itgirls estarem sendo referência de girlpower! Amei o post <3
    www.ericakolbe.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.