Não é sobre você

http://weheartit.com/entry/182347056/via/escritoriando?page=3
Isso não é sobre A menina & O garoto. Não é sobre ele ter ido embora sem se despedir e ela ter ficado, com apenas um lado do coração. Não é sobre despedidas, não é sobre chegadas. Não é sobre o romance que tinha todos os elementos para dar certo mas acabou sendo uma comédia que ninguém acha graça. Não é sobre todas as palavras grosseiras que gritaram um pro outro antes de caminharem em sentidos diferentes. Não é sobre uma vida compartilhada que acabou sendo duas linhas paralelas que nunca se cruzam. Não é sobre os opostos que se atraem, ou sobre o casal que gostava das mesmíssimas coisas. Não é sobre todas aquelas mentiras, os eufemismos, as promessas ditas em vão.
 
É uma história pós-fim. Um conto feito depois da partida, logo após a porta ter se fechado e as lágrimas terem caído até que o sono as interrompesse. Depois de todos os quadradinhos do calendário marcados de canetinha vermelha, depois do voto de silêncio e de todos os potes de sorvete vazios em cima da pia.
 
Isso é sobre quando finalmente não há mais sentido em tanto alvoroço. Quando a casa está tão silenciosa que você parece nunca ter estado aqui. Quando a moça se levanta e tem vontade de fazer alguma coisa diferente, qualquer uma. Aula de dança, pintura, time de vôlei do bairro, um corte de cabelo diferente, roupas de outro estilo, esmalte de uma cor vibrante. Quando ela muda a página do diário e escreve sobre um assunto que não seja mais você. Quando se permite sorrir novamente com todos os dentes à mostra e se permitir como nunca aconteceu antes.
 
Isso é sobre a volta por cima. Sobre a fé recuperada. Sobre o coração que sempre esteve com todos os pedaços aqui, dentro do peito e não andando por aí no bolso de uma versãozinha do James Dean em ruas que nem sei o nome. Sobre notar que o mundo não desabou, pelo contrário: que ele continuou girando esse tempo inteiro, sem pausas para a dor e para o drama. Sobre voltar a ver aquela série que você odiava e lembrar o quanto ela é engraçada. Sobre se tornar independente, e decidir traçar no mapa, nas estrelas, no calendário e no corpo os próprios caminhos. Sobre parar de esperar para ver o que acontece com a mocinha e decidir eu mesma o que acontece no próximo capítulo.
 
Sobre tudo isso, mas não sobre você. Absolutamente nada sobre você.
Tecnologia do Blogger.